bonus · cinema · Sem categoria

Especial: Casais Literários

Hoje é dia 12 de junho, e é hoje que no Brasil comemoramos o dia dos namorados. Para comemorar a data escolhi alguns casais literários que nos fazem – fizeram – derreter, confira:

Cuidado, contém Spoiler.

 Hermione Granger e Ronald Weasley – Harry Potter 

Para os íntimos podem chamar de o cérebro e o engraçadinho, ou simplesmente Mione e Rony. Foram 7 livros e 8 filmes, mas finalmente aconteceu, o casal da Grifinória derreteu nossos corações sem nem precisar de poção ou feitiço.

Houve um barulho enquanto as presas do basilisco caíam dos braços de Hermione. Correndo para Rony, ela atirou-se ao redor de seu pescoço e beijou-o na boca. Rony largou as presas e a vassoura que estava segurando e respondeu com tamanho entusiasmo que ergueu Hermione do chão.

 Hazel Grace Lancaster e Augustus Waters – A Culpa é das Estrelas 

Foram ironias e metáforas e fizeram deste casal um dos nossos preferidos, Hazel e Gus fizeram o público chorar e sorrir tanto no livro quanto no filme e nos provarão que “Alguns infinitos são maiores que outros”.

Me apaixonei do mesmo jeito que alguém cai no sono: gradativamente e de repente, de uma hora para outra.

Isabella Swan e Edward Cullen – Saga Crepúsculo 

Podem dizer o que quiserem sobre essa saga, mas o que não dá para negar é a tamanha popularidade dela alguns anos atrás, e depois de muito triângulo amoroso, sangue, abandono, brigas, clãs bons, malvados e até alcateias quem era Team Edward venceu as apostas.

– E então o leão se apaixonou pelo cordeiro… – murmurou ele.
Virei a cara, escondendo os olhos enquanto me arrepiava com a palavra.
– Que cordeiro imbecil – suspirei.
– Que leão masoquista e doentio.

Allie Hamilton e Noah Calhoun – Diário de uma Paixão

Talvez o livro de maior sucesso de Sparks seja Diário de uma Paixão, Allie e Noah se apaixonam diversas vezes, em diversas fases da vida e de diversas formas. Incontrolável, esse casal vai além do fervor da paixão e nos ensina que amar é perdoar, cuidar e jamais desistir.

Em alguns momentos, eu a decepcionarei, em outros você me frustrará, mas, se tivermos coragem para reconhecer nossos erros, habilidade para sonharmos juntos e capacidade para chorarmos e recomeçarmos tudo de novo tantas vezes quantas forem necessárias, então nosso amor será imortal.

Katniss Everdeen e Peeta Mellark  – Jogos Vorazes

Viver uma paixão numa edição dos Jogos Vorazes é uma coisa, mas voltar para mais uma edição e depois lutar numa verdadeira guerra, só amor aguenta.

– Você me ama. Verdadeiro ou falso?  – Eu digo a ele: Verdadeiro.

Julieta Capuleto e Romeu Montecchio  – Romeu e Julieta

E se não fosse Shakespeare o que seria do drama, do amor juvenil, das tragédias… Romeu e Julieta transcende a clássica peça teatral e ganham outros nomes na literatura com o passar dos anos. O amor juvenil tornou-se universal na literatura adequando-se a cada época, quase uma receita de domingo.

Partir é uma dor tão doce que diria boa noite até amanhã

 

Feliz dia dos namorados!!!

Anúncios

2 comentários em “Especial: Casais Literários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s