resenha

Jenny Han – Para todos os garotos que já amei

Título origijenny han - para todos os garotos que já ameinal: To all the boys I’ve loved before | Autor: Jenny Han | Tradução: Regiane Winarski | Editora: Intrínseca | Páginas: 320 (livro físico) | Ano: 2015 |E-ISBN: 978-85-8057-727-3

Lara Jean guarda suas cartas de amor em uma caixa azul-petróleo que ganhou da mãe. Não são cartas que ela recebeu de alguém, mas que ela mesma escreveu. Uma para cada garoto que amou — cinco ao todo. São cartas sinceras, sem joguinhos nem fingimentos, repletas de coisas que Lara Jean não diria a ninguém, confissões de seus sentimentos mais profundos.
Até que um dia essas cartas secretas são misteriosamente enviadas aos destinatários, e de uma hora para outra a vida amorosa de Lara Jean sai do papel e se transforma em algo que ela não pode mais controlar.

 

Margot é a mais velha das irmãs Song, ela é a coragem do trio, desde que a mãe morreu tenta deixar a vida o mais tranquila possível para o pai cuidando sempre das irmãs, tem tudo planejado em suas listas e horários perfeitos; Kitty é a mais nova, a determinação do trio, aos nove anos não aceita um não como resposta e Lara Jean… Lara Jean é a emoção, ingênua e sensível ama a família acima de todos e tudo.

Somos irmãs, e não há nada que ela ou eu possamos dizer ou fazer que vá mudar isso.

A romântica Lara Jean é aquela que nunca namorou, mas que se apaixonou cinco vezes e para cada um dos garotos escreveu uma carta, as cartas não são declarações, apenas despedidas e jamais foram enviadas para seus destinatários, até então.  Quando Margot vai para Escócia estudar e o segundo ano do ensino médio está começando, acontece algo impensável, as cartas são enviadas, e entre um dos destinatários está Josh, o recente ex namorado de Margot, por quem Lara Jean já pensava ter superado a paixão.

Se o amor é como uma possessão, talvez minhas cartas sejam meu exorcismo. As cartas me libertam. Ou pelo menos deveriam.

Ao perceber que ainda pode gostar de Josh, Lara Jean beija Peter por impulso bem na frente de Josh e começa a se envolver na primeira de muitas encrencas. Peter o garoto mais cobiçado do colégio por quem todas, inclusive Lara Jean, já tiveram uma paixão secreta, acaba de sair de um longo relacionamento com Gen, a garota mais linda do segundo ano, e por isso sugere uma via de escape para os dois, após  um contrato informal Peter e Lara Jean dão início ao namoro de mentira.

Abraço o pescoço dele. Gosto do cheiro do cloro em sua pele. Peter está com cheiro de piscina, verão e férias. Não é como nos filmes. É muito melhor, porque é real.

Fiquei tão animada com a narrativa que terminei o livro tão logo quanto pude, “Para todos os garotos que já amei” é um livro que retrata as dúvidas na fase da adolescência. Mais do que falar sobre primeiros amores diz respeito a influência que a família tem nas decisões de uma pessoa, que apesar de irmãos terem suas diferenças, o amor fraterno é cúmplice e protetor.

Com situações reais e divertidas Jenny Han narra com precisão em primeira pessoa pela voz da personagem de Lara Jaen, o que faz com que o leitor sinta-se mais próximo da história e acompanhe o amadurecimento da personagem. Esse é o primeiro livro de Jenny Han que leio e mal posso esperar pelo próximo título da duologia “P.S.: Ainda amo você” que será publicado no Brasil pela Editora Intrínseca, com data de estréia para 11 de Janeiro de 2016.

5

Desafio Literário: Um livro de uma autora

Anúncios

Um comentário em “Jenny Han – Para todos os garotos que já amei

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s